Mosaico de azulejos inteiros!

Gente, vocês sabiam que hoje é dia do artesão?

É meu dia! E dia de tanta gente bacana que anda por aí embelezando o mundo… Grande trabalho, né?

Esse mosaico da foto foi uma arte super rápida. Minha cunhada Taty, lindíssima e cheia de bom gosto, resolveu reaproveitar uma estante antiga para mobilhar seu quarto novo. Em princípio, ela me pediu um mosaico normal (com caquinhos coloridos). Só que eu ia demorar demais pra fazer e não teria como levá-lo pra minha casa, por causa do tamanho. Resumindo, como boa cunhada, fiz aquele “corpo mole” básico. E ela, como ótima cunhada, me fez trabalhar mesmo assim.

POST- DIA DO ARTESAO

 

Em um dia saímos pra escolher os azulejos e as pastilhas, e no outro fizemos a colagem. Meu namorado lindo (e irmão dela) ajudou com o rejunte. Rapidão e muito bacana!

Pois então, tratem de me dar parabéns pelo dia de hoje! E parabéns a todos esses profissionais de bom gosto que trazem cores e alegria para esse nosso mundo! Super beijo!!

Anúncios

Minha primeira aula de pintura em bolos!

Uma das minhas melhores (e mais fiéis) amigas de faculdade resolveu largar tudo e correr atrás de um sonho. E ela acabou surpreendendo a todos com o seu talento – a arte de decorar bolos.
O ateliê dela se chama Imaginup; e vocês podem conferir inumeros trabalhos incríveis na página dela do facebook: www.facebook.com/cupcakesebolosdecorados

Pois bem. Acontece que essa minha amiga “super talento” foi convidada para ir a São Paulo dar uma aula de pintura em bolos, que é uma técnica pouco utilizada aqui no Brasil. Chique, né? E precisava de um aluno voluntário para ajustar alguns detalhes da aula, como apostila, tempo, materiais, nível de dificuldade e etc.
Quem melhor que “a amiga pau pra toda obra eu” para essa aventura!?
O resultado foi esse aqui. Eu adorei!

image

image

image

image

image

Sobre a aula, devo dizer que eu nunca tinha tocado em um pincel número zero na vida! Ela sugeriu um desenho para iniciantes e eu fiz absolutamente tudo sozinha, com as técnicas que foram passadas.
No começo parecia que ia ficar um borrão medonho e que não ia tomar forma de nada. Aí ela começou a me fotografar, e eu vi que realmente estava dando certo. Fiquei super animada! Todo o processo demorou em torno de duas horas e trinta minutos.
Pra quem trabalha no ramo, a aula vai valer muito a pena. No meu caso, valeu por estar em sua companhia, colaborar com seu trabalho, colocar a fofoca em dia e comer cheesecake de frutas vermelhas.. Ui!

Mas não se preocupem! Não vou parar de fazer meus mosaicos. Foi só uma pequena “pausa de amor” nos cacos.
E vocês, me digam o que acharam!?

Foi ali na Austrália e já volta.

image

Minha irmãzinha, caçulinha, foi ali do outro lado do mundo e já volta. Tipo assim.. no ano que vem!

Até outro dia mesmo ela era minha boneca mais legal, que anda e fala! Minha parceira, amigona, confidente e companheira. Por enquanto a minha ficha ainda não caiu direito… Ainda não estou ok com o fuso, ainda não me toquei que a distância aumentou muito mais que RIO X CARATINGA; e que eu não vou estar com ela em abril.

Só sei (e sempre soube) que ela está sempre muito além do que se espera dela, em inteligência, aptidões e, principalmente, coragem. E que esta será mais uma experiência bem sucedida em sua vida, como sempre foram todas as outras.

Queria dizer que, apesar do aperto no coração, desejo que ela espalhe pelo mundo o sorriso mais lindo e radiante de todos!

Te amo mais que a distância, irmã! Muitos beijos.. 💋💋💋

***

O primeiro porta-retrato foi feito numa fase em que todos os meus mosaicos tinham 3 cores – bem colorido, mas sem excessos. O segundo, mais recente, com recortes de azulejos estampados – que eu prometi que ia ensinar e ainda não cumpri… Mas vou, tá!?

Como presentear um crítico de arte?

Bem… Não é uma tarefa nada fácil.

Hoje é aniversário da minha mãe, meu maior e mais implacável crítico de arte. Quando ela torce o nariz, já era. Se acha feio, torto ou errado, não tem mimimi. “Tá feio, torto e errado”. Simples assim.

Comecei a fazer esse vaso há exatamente um ano. Era o presente do ano passado. Só que uma das partes do meu projetinho original não ficou muito bacana e eu cismei. Era para a minha mãe e não estava de acordo com a dona. Não adiantava continuar… Tinha que ficar perfeito.

Resumindo: Foi um ano olhando pro vaso num canto e, depois de duas árduas tarefas de arrancar e “re-colar” cacos, ele ficou assim!

 

 

 

Lindo, né? E ainda deu tempo de chegar pro aniversário (desse ano)!

Ainda dá tempo de dizer também que, apesar de não ser fácil ser filha de um crítico severo de arte, é extremamente realizador quando se consegue agradá-los. Ver aquele sorriso enorme de surpresa e orgulho é melhor que sair em capa de revista!

Sou muito grata a Deus por ter uma mãe tão exigente. Foi com quem aprendi a superar meus próprios limites todos os dias; e acreditar que amanhã posso chegar ainda mais longe. Talvez até mais longe do que ela mesma imaginaria. Talvez… Vamos indo de sorriso em sorriso, né, mãe?

Pois também aqui nesse espacinho de mosaicos e carinho, deixarei registrados meus votos de Feliz Aniversário para a melhor mãe do meu mundinho!

Amo, amo e amo.

 

 

*Prometo aos críticos de fotografia que vou melhorar as fotos desse vaso urgentemente! Ontem foi um dia cheio de artes e não deu tempo de fotografá-lo direito..

 

Bonito demais pra ser caixote..

Depois que a estante de caixotes pros meus azulejos deu certo, resolvi organizar a área de serviço da minha casa.

Minha prima Rosane é a artista master da família. Sim, porque meu tio é artista senior e eu sou artista junior. Ela estava com dois caixotes iguaizinhos em casa, lixadinhos ainda por cima. Um ela me deu; o outro eu tive que conquistar com um pedido meloso..

Desde criança que ela vive fazendo as minhas vontades. E ainda por cima tá sempre me ensinando alguma coisa linda. Qualquer dia vamos elaborar um mega curso online de escultura na lama. Vai ser show!

Mas assim… A manha valeu a pena. Em homenagem, deixei ela escolher a cor dos caixotes e enfeitei com várias rosas. 😘

A parte de dentro fiz com guardanapos de decoupage. Esse tipo de colagem é muito fácil e o efeito fica bem bacana. Até mesmo porque a variedade de estampas é imensa e você acaba encontrando coisas lindíssimas por aí.

 

IMG-20150117-WA0005

Resultado: O móvel ficou bonito, né? Muito bonito!

Vocês prestaram atenção que era pra organizar a área de serviço? Guardar material de limpeza, essas coisas… Pois é. Deu dó. Mas, e agora que eu não consigo pensar em como fazer um feio?

 

Luciana, a caixoteira!

Uma coisa que vem ganhando a minha dedicação ultimamente é a customização de caixotes de feira. O custo é bem barato, a imaginação pode fluir a vontade e acabam sendo extremamente úteis.

Na minha pequena casa, tem um quarto que uso pra fazer artes. Hoje, até que ele anda ficando com uma cara de ateliê. Mas até uns tempos atrás estava uma bagunça.

A arrumação começou com essa estante de caixotes aqui de baixo…

IMG-20150117-WA0002

Eu precisava de um lugar pra organizar as meus azulejos. Pesquisei em alguns sites, escolhi as cores, comprei rodízios bem fortes de silicone (porque azulejos pesam muito) e coloquei a mão na massa.

Contei com a ajuda do meu chefe para montá-la. Ainda não estou completamente familiarizada com a furadeira; e ele é tão perfeccionista que confesso estar deixando pra aprender quando ele não quiser mais montar pra mim. 😇

Qualquer dia vou mostrar a pra vocês o meu cafofo/ateliê. Está ficando luxo!